Impotência Causada Pela Ansiedade

A impotência sexual, que também é chamada de disfunção erétil, é um problema que se caracteriza pela falta de uma ereção satisfatória que seja suficiente para que haja a penetração.

Vale lembrar que isso não se aplica a falhar ocasionais, que podem acontecer com qualquer pessoa ao longo da vida. Pelo contrário, a impotência é configurada quando ocorre em até 50% das tentativas de relação sexual.

De acordo com especialistas, uma das principais causas dessa condição, especialmente em jovens, é justamente por problema emocionais, representando cerca de 70% de todos os casos. Já os outros 30% são causados por disfunções orgânicas mesmo, que podem ser hormonais, vasculares a anatômicas.

A ansiedade, por sua vez, é a causa emocional que mais atua bloqueando os mecanismos envolvidos na ereção. Assim, o homem pode ter medo de falhar ou se sente inibido ao se relacionar com alguém especial.

A falta de controle sobre a ejaculação também pode ser considerada um problema nesse sentido, visto que pode haver um grande medo de ejacular muito rapidamente, de não conseguir dar prazer à sua parceira ou de não obter a penetração que acha ideal.

Todas essas situações podem criar uma grande ansiedade, que é tão grande que acaba ocasionando a falha que tanto foi temida.

Mais do que isso, também somam-se estresses da vida, problemas financeiros e outras questões que vão se somando e afetando a calma e o bem-estar de um indivíduo.

Não é possível esperar que uma pessoa que está cheia de problemas ainda tenha disposição para criar um clima e ter aquela ereção no fim de um dia de trabalho.

Tratamento da impotência sexual por ansiedade

Nos casos em que a impotência sexual acontece por questões físicas, como falhas nos nervos que estimulam o órgão sexual, o tratamento mais indicado é a autoinjeção ou até mesmo o v8 big size que é um gel que ajudar a ter e manter uma ereção.

Nesse caso, o próprio homem irá injetar nos corpos cavernosos alguma droga que promova a vasodilatação do pênis, possibilitando a entrada da quantidade necessária de sangue.

O efeito é bastante rápido e é possível ter uma ereção em até 5 minutos depois da aplicação.

Já nos casos da impotência emocional, causada por ansiedade, é possível iniciar também um tratamento de psicoterapia em conjunto com o uso de medicamentos, que é a abordagem que vem se mostrando mais eficiente nos últimos tempos.

Nesses casos, o uso de medicamentos é apenas uma parte do processo de tratamento, que deve ser multidisciplinar, de forma a abordar o quadro como um todo e sempre com o acompanhamento de um especialista.